Ética na profissão contábil

O Instituto Americano de Contadores Públicos Certificados (AICPA) é uma organização profissional responsável pelo desenvolvimento de valores éticos de contabilidade profissional. O AICPA exige que os contadores profissionais atuem com responsabilidade ao se envolverem em serviços de contabilidade e revisarem informações financeiras confidenciais. Os contadores devem sempre exercer um bom senso moral em todas as atividades contábeis.

Os contadores têm a responsabilidade única de fornecer serviços profissionais aos clientes, ao mesmo tempo que apresentam ao público em geral uma avaliação verdadeira e precisa da saúde financeira de uma empresa.

A Importância da Integridade

A integridade é um elemento fundamental importante da profissão contábil. A integridade exige que os contadores sejam honestos, francos e diretos com as informações financeiras do cliente. Os contadores devem restringir-se ao ganho ou vantagem pessoal usando informações confidenciais. Embora existam erros ou diferenças de opinião sobre a aplicabilidade das leis contábeis, os contadores profissionais devem evitar a oportunidade intencional de enganar e manipular as informações financeiras.

As firmas de contabilidade pública ou empresas privadas freqüentemente desenvolvem um código de ética ou conduta para contadores. Essas regras de ética e conduta garantem que todos os contadores ajam de maneira consistente. Na ausência de regras ou padrões específicos, os contadores devem revisar suas ações para garantir que estão seguindo os princípios comumente aceitos.

Objetividade e Independência

Objetividade e independência são valores éticos importantes na profissão contábil. Os contadores devem permanecer livres de conflitos de interesse e outras relações comerciais questionáveis ​​ao realizar serviços de contabilidade. Deixar de permanecer objetivo e independente pode prejudicar a capacidade de um contador de fornecer uma opinião honesta sobre as informações financeiras de uma empresa. Objetividade e independência também são valores éticos importantes para os auditores.

O setor de contabilidade geralmente limita o número de serviços que as firmas de contabilidade pública ou os contadores públicos certificados individuais (CPA) podem oferecer aos clientes. Os serviços de contabilidade incluem serviços de contabilidade geral, auditoria, consultoria tributária e de gestão. O contador que realiza mais de um desses serviços para um cliente pode comprometer sua objetividade e independência.

Por exemplo, indivíduos que lidam com funções de contabilidade geral e, em seguida, auditam essas informações, estão essencialmente revisando seu próprio trabalho. Essa situação pode permitir que um contador oculte as informações financeiras negativas de uma empresa.

Cuidado e Competência

O devido cuidado é o valor ético que exige que os contadores observem todos os padrões técnicos ou éticos de contabilidade. Freqüentemente, os contadores profissionais devem revisar os princípios contábeis geralmente aceitos (GAAP) e aplicar essa estrutura às informações financeiras específicas de uma empresa. O devido cuidado exige que os contadores exerçam competência, diligência e uma compreensão adequada das informações financeiras.

A competência é geralmente baseada na educação e experiência do indivíduo. Assim, o devido cuidado pode exigir que os contadores seniores supervisionem e direcionem outros contadores com menos experiência na profissão contábil.

Postagens recentes