O que é gerenciamento de relacionamento com funcionários?

A gestão do relacionamento com os funcionários é um processo que as empresas usam para gerenciar com eficácia todas as interações com os funcionários, em última instância para atingir os objetivos da organização. Para empresas maiores, um departamento de recursos humanos ajuda a treinar e orientar os supervisores sobre como gerenciar com eficácia os relacionamentos com os funcionários. Os proprietários de pequenas empresas também devem ter atividades de treinamento, gerenciamento e monitoramento de funcionários para manter as coisas funcionando sem problemas.

O que é gerenciamento de relacionamento com funcionários?

O gerenciamento do relacionamento com os funcionários pode significar muitas coisas para pessoas diferentes. Tudo começa com a apresentação de descrições detalhadas de funções aos funcionários. Ele continua com o treinamento de novos contratados. As empresas também devem monitorar o desempenho dos funcionários para garantir que estejam fazendo seu trabalho corretamente.

Um relacionamento é uma via de mão dupla, então você deve garantir que os funcionários de todos os níveis possam se comunicar de um lado para outro. Por fim, os funcionários devem receber feedback sobre como estão se saindo, geralmente por meio de revisões anuais. Durante as análises, os funcionários também devem ser capazes de dizer como se sentem em relação ao empregador. O bom relacionamento com os funcionários ajuda a identificar e resolver problemas com antecedência, de acordo com o National Business Research Institute.

Determinando as necessidades dos funcionários

Não basta supor que uma empresa sabe o que é importante para os funcionários para que permaneçam felizes e não procurem ir embora. As necessidades variam muito dependendo das características do funcionário, como idade, sexo, nível de renda, bem como o tipo de trabalho que está sendo executado. É uma boa ideia descobrir diretamente com os funcionários quais são suas necessidades.

Você pode fazer isso em conversas individuais que ocorrem informalmente ao longo do ano, durante reuniões formais de avaliação de funcionários e por meio de pesquisas que fornecem uma indicação quantitativa das necessidades dos funcionários. Por exemplo, funcionários mais jovens podem estar mais interessados ​​em aprender novas habilidades e progresso, enquanto funcionários mais velhos desejam estabilidade e benefícios como contribuições para aposentadoria e seguro saúde.

Equilibrando as necessidades de trabalho e vida

O gerenciamento eficaz do relacionamento com o funcionário exige consideração de todo o funcionário, não apenas do trabalhador local. Isso significa tomar medidas para garantir que as necessidades da vida profissional do funcionário sejam bem equilibradas. Isso pode ocorrer por meio de equipes criativas, que podem envolver meio período, horário flexível ou até mesmo atribuições de trabalho fora do local.

Festas mensais de aniversário de funcionários, passeios na empresa, bolsas de creche, academia, programas de bem-estar, eventos de caridade e outras atividades não relacionadas ao trabalho podem ajudar a tornar o trabalho menos estressante e trabalhar para uma determinada empresa mais gratificante.

Comunicação aberta e honesta

A comunicação é crítica para estabelecer relacionamentos sólidos com os funcionários. Os gerentes devem estar comprometidos em se comunicar regularmente e honestamente com os funcionários sobre as questões que afetam seu trabalho. Quanto mais abertas as organizações podem ser, maior é a probabilidade de elas estabelecerem relacionamentos sólidos que levem ao aumento da lealdade e da produtividade entre os funcionários e à diminuição da rotatividade e da insatisfação.

Observe a maneira como os gerentes e supervisores de sua empresa se comunicam com os membros da equipe e os canais de comunicação que os membros da equipe precisam comunicar para cima para ver se você está fazendo tudo o que pode para gerenciar os relacionamentos com os funcionários.

Resultados de medição e monitoramento

O gerenciamento eficaz do relacionamento com os funcionários exige o rastreamento não apenas do desempenho do trabalhador, mas também da satisfação, de acordo com o Guia de Estudo de Gerenciamento do provedor de educação corporativa. Os gestores devem estar atentos a indícios de descontentamento, que podem ser subjetivos, além de acompanhar atentamente os resultados de avaliações mais formais.

Devem ser rastreados atrasos, prazos não cumpridos, dias excessivos por doença e pessoais, reclamações formais, ações disciplinares e moral dos funcionários. Os resultados também devem ser compartilhados com os funcionários. Freqüentemente, os funcionários são solicitados a preencher pesquisas e não são informados dos resultados ou informados sobre o que foi feito com os resultados e os resultados.

"Habilidades pessoais" são críticas

Em última análise, o gerenciamento de relacionamento com funcionários requer as mesmas habilidades e processos necessários para gerenciar qualquer relacionamento. Uma compreensão clara das necessidades dos funcionários e um desejo de atender a essas necessidades é fundamental. Devem ser tomadas medidas para interagir efetivamente com os funcionários por meio de uma variedade de canais de comunicação, tanto interpessoais quanto formais (por exemplo, site da intranet, boletins informativos para funcionários, etc.). Finalmente, a medição da eficácia desses esforços deve ser frequente e contínua, com melhorias e ajustes feitos quando os resultados não mostram melhoria contínua ou níveis satisfatórios de desempenho.

Postagens recentes