As duas partes mais importantes da análise SWOT

Uma análise SWOT é uma ferramenta que os líderes de negócios usam para identificar pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças. Útil no estabelecimento de metas e planejamento estratégico, uma análise SWOT pode ajudar a avaliar a saúde de sua organização e as perspectivas de crescimento futuro. O impacto de uma análise SWOT é determinado pela forma como você aplica os resultados. Por exemplo, se você identificar uma ameaça potencial e responder de forma proativa, a análise SWOT o ajudará a evitar uma armadilha que pode economizar tempo e dinheiro. Um SWOT de quatro seções pode ser dividido em duas partes: pontos fortes e fracos como uma parte e oportunidades e ameaças como outra.

A análise SWOT é versátil

Qualquer tipo de organização pode usar uma análise SWOT. A utilidade desta ferramenta não se limita a grandes empresas. As empresas iniciantes podem usar uma análise SWOT para um plano de negócios, ou corporações estabelecidas podem usá-la como um checkup de saúde organizacional. A University of Kansas fornece estes aplicativos para a análise SWOT:

  • Solução de problemas
  • Tomando uma decisão
  • Mudar a gestão
  • Planejamento de visão geral
  • Lançamento de nova iniciativa

À medida que você embarca em um novo pensamento inovador para o seu negócio, considere o uso de uma análise SWOT para iniciar o processo de planejamento.

Facilite uma análise SWOT

A primeira etapa para facilitar uma análise SWOT é identificar a equipe principal. Se for uma reunião SWOT baseada em projeto, os líderes do projeto e as principais partes interessadas devem estar envolvidos. Se for um esforço organizacional para o planejamento estratégico, os principais líderes e gerentes devem estar à mesa. Comece com os pontos fortes e fracos e, em seguida, processe os resultados. Passe para as oportunidades e ameaças e faça o mesmo. É fundamental permanecer otimista ao discutir os resultados de uma análise SWOT. Fraquezas e ameaças podem fazer com que uma equipe de planejamento se sinta derrotada. Em vez disso, use a ferramenta como uma forma aspiracional de criar um grande pensamento e resultados orientados para a solução.

Avalie os pontos fortes e fracos

A definição da análise SWOT é dividida em quatro seções, mas abrange duas partes principais. O primeiro é a análise dos pontos fortes e fracos. Esta parte é a oportunidade de olhar internamente para o que a organização está fazendo bem e identificar as áreas de melhoria necessária. Você pode direcionar isso para uma iniciativa específica, processo ou a organização como um todo. Não deixe nenhuma ideia de fora. Seja exaustivo ao refletir sobre os aspectos positivos e negativos de sua análise. Os resultados ajudam a aprender mais sobre os recursos necessários ou como você pode redistribuir pessoal e dinheiro para fins de melhoria.

Considere oportunidades e ameaças

A segunda parte de uma análise SWOT examina os fatores externos que podem afetar o sucesso. As oportunidades podem estar relacionadas a questões financeiras, industriais, sociais, ambientais ou políticas, de acordo com a BetterEvaluation. Da mesma forma, as ameaças olham para as mesmas áreas de afinidade para determinar qualquer uma que possa representar um risco para o projeto, ideia ou organização como um todo. Embora existam duas partes principais e quatro seções para uma análise SWOT, elas funcionam em cooperação uma com a outra. Por exemplo, você pode mover algo para uma prioridade mais alta se determinar uma fraqueza relacionada e a ameaça aumentar o dano potencial à organização.

Aplicar os resultados

Uma análise SWOT só é útil se você aproveitar as informações para agir. Comece usando as informações coletadas em cada categoria e crie perguntas para a equipe responder. Por exemplo, se você estiver discutindo pontos fracos, faça estas perguntas:

  • Que controle temos sobre essas fraquezas?
  • Quanto tempo levaria para melhorar?
  • Quais pontos fracos representam o maior risco para o nosso negócio?
  • Quais são as nossas três principais prioridades?

Você pode criar perguntas semelhantes que se aplicam a cada categoria. Depois de sintetizar as informações, você pode fazer um plano específico para mobilizar sua equipe e mover a organização em uma nova direção.

Postagens recentes