Razões pelas quais as pequenas empresas são importantes

As pequenas empresas oferecem oportunidades para empreendedores, empregos para vizinhos e locais de encontro para as comunidades. Eles estão enraizados na paisagem onde crescem e devolvem vitalidade e sustento. Embora administrar uma pequena empresa envolva assumir riscos maiores do que trabalhar para uma empresa grande e estabelecida, as recompensas são quantitativas e qualitativas, incluindo uma ampla prosperidade e uma rede de relacionamentos simbióticos.

Dica

As pequenas empresas são importantes porque oferecem oportunidades para empreendedores e criam empregos significativos com maior satisfação no trabalho do que os cargos em empresas maiores e tradicionais. Eles fomentam as economias locais, mantendo o dinheiro perto de casa e apoiando bairros e comunidades.

Independência e Autonomia

Embora a propriedade de pequenas empresas seja uma forma tradicional e antiga de ganhar a vida, ela contraria uma tendência contínua de consolidação de grandes empresas, criação de economias de escala e disseminação da homogeneidade. Uma rede de restaurantes no meio-oeste será praticamente igual a uma versão do mesmo restaurante na costa leste ou oeste, e uma farmácia com escritórios em todo o país refletirá os mesmos valores, onde quer que esteja, seja com foco na entrega conveniente de produtos farmacêuticos ou alimentos processados ​​de conveniência. Em contraste, os restaurantes e farmácias de propriedade independente refletem a cultura e as necessidades de seus bairros. Os restaurantes locais oferecem especialidades regionais, e as farmácias locais podem complementar seu estoque de produtos farmacêuticos com qualquer coisa, desde quebra-cabeças a camisetas dos times da Little League da área.

Criação de trabalhos significativos

Dois em cada três novos empregos líquidos no setor privado são criados por pequenas empresas. Esse número se refere ao número de novos empregos criados após a subtração do número de empregos que foram eliminados. Essa tendência tem sido razoavelmente consistente por 25 anos e tem continuado desde o final da Grande Recessão. Não apenas as pequenas empresas criam uma porcentagem significativa de novos empregos, mas os empregos que criam proporcionam altos níveis de satisfação no trabalho.

É mais fácil ter orgulho do seu trabalho e sentir que suas contribuições fazem uma diferença real quando você tem um relacionamento direto com seu chefe do que quando sua empresa pertence a milhões de acionistas, que vivem em todo o mundo e o negócio é dirigido por executivos em uma cidade distante.

Partes integrantes das economias locais

As pequenas empresas são partes integrantes das economias locais, ajudando a criar redes de interdependência financeira que fomentam a prosperidade de base ampla. Quando você gasta dinheiro em uma loja privada local, esse dinheiro vai para pagar um trabalhador em sua vizinhança, que, por sua vez, provavelmente gastará dinheiro em outro negócio do bairro. Quanto mais as pequenas empresas aproveitarem seu potencial para apoiar umas às outras, maior será sua capacidade de criar uma comunidade empresarial local próspera.

Esse apoio mútuo também é útil em tempos difíceis. Se uma empresa local está passando por dificuldades, os membros da comunidade podem se unir para ajudar a empresa em dificuldades a se reerguer por meio de campanhas de crowdfunding ou antigos apelos boca a boca. É difícil imaginar uma grande corporação gerando esse tipo de energia e suporte.

Postagens recentes