Starbucks e seu design organizacional

Enquanto algumas cafeterias são administradas independentemente como pequenas empresas, outras, como as pertencentes à rede Starbucks Corporation, fazem parte de uma vasta rede de cafeterias aconchegantes. A estrutura da Starbucks Company difere muito da estrutura corporativa das pequenas cafeterias que se espalham pelos cantos das pequenas cidades. Essa diferença se deve, pelo menos em parte, às complicações associadas à criação e manutenção de uma marca de tamanho considerável.

Estrutura básica

A estrutura da Starbucks Corporation não é incomum. Os executivos da Starbucks supervisionam a empresa a partir de sua sede na cidade onde nasceu, Seattle, Washington. Em todo o país, os gerentes distritais supervisionam os agrupamentos regionais de lojas. Esses gerentes distritais se reportam diretamente à Starbucks Corporation. Em cada loja, um gerente atua como chefe. Sob esse gerente de loja está um grupo de supervisores de turno que atuam como gerentes de plantão quando o gerente da loja está fora. Abaixo dos supervisores de turno estão os demais funcionários, chamados de baristas.

Lojas Licenciadas

A Starbucks não opera sob um sistema de franquia; no entanto, eles licenciam vitrines. As lojas licenciadas são comuns em supermercados, livrarias ou qualquer outro local onde o Starbucks não seja um prédio independente. Essas lojas licenciadas ainda são controladas pela Starbucks Corporation e devem seguir as mesmas diretrizes rígidas. Todos os itens vendidos em lojas licenciadas, incluindo alimentos, devem ser aprovados pelos escritórios corporativos da Starbucks. A Starbucks mantém esse controle na tentativa de proteger o nome da empresa e garantir que continue sendo associado à qualidade.

Sócios

Desde o indivíduo que faz seu cappuccino descafeinado até a pessoa a quem você entrega seu dinheiro e troca um sorriso, todos os funcionários da Starbucks são sócios da empresa. Embora os funcionários da Starbucks também tenham cargos mais específicos, incluindo barista e supervisor de turno, a empresa Starbucks há muito se refere a seus funcionários como "parceiros". O objetivo deste termo é deixar claro o quanto os funcionários da Starbucks, não importa o quão baixo sejam na rede, são para o sucesso da empresa.

Responsabilidade

A responsabilidade social é um princípio fundamental na Starbucks Coffee Company. A Starbucks tem como objetivo trabalhar de forma ética com todos os seus fornecedores, oferecendo aos fornecedores de seus cafés finos Arábica valor justo pelos grãos que trabalham tão arduamente para cultivar. A empresa também pratica a preservação do meio ambiente, escolhendo opções ecológicas sempre que possível. Por exemplo, em vez de jogar fora os grãos de café usados ​​durante o verão, esses grãos são deixados de fora para os clientes avarentos que desejam usá-los em seus jardins como fonte de ácido para o solo.

Postagens recentes