Diversidade para grupos e equipes no local de trabalho

Grandes e pequenas empresas estão competindo por novos clientes em escala global e, ao fazer isso, logo reconhecem o valor da diversidade em grupos e equipes organizacionais para os resultados financeiros. Ao criar um grupo ou equipe no local de trabalho, os gerentes inteligentes percebem que, com o aumento da diversidade, surgem novas ideias, produtos e serviços.

O que é diversidade?

A diversidade se traduz em diferenças em muitas dimensões, incluindo cultura, sexo, habilidades físicas, idade, raça, orientação sexual e até mesmo em crenças políticas, práticas religiosas e status socioeconômico. Em suma, é o reconhecimento de que as pessoas são únicas, com seus próprios quadros de referência moldados por fatores internos e externos. Além do DNA - um fator interno que não pode ser controlado - o quadro de referência particular de cada pessoa também é moldado por muitos fatores externos, incluindo onde uma pessoa vive, como foi criada, quais oportunidades educacionais estão disponíveis, etc.

Alguns grupos ou equipes são mais diversificados que outros

Mas, embora as pessoas sejam todas individuais, muitas vezes compartilham muitas características internas e externas. Por exemplo, pessoas criadas no meio-oeste dos Estados Unidos têm uma cultura e crenças compartilhadas que podem diferir amplamente das pessoas criadas na Europa ou no Extremo Oriente. Para as empresas, o impacto dessas características compartilhadas em grupos e equipes pode ser positivo ou negativo.

No lado positivo, pessoas de regiões semelhantes com origens semelhantes e características físicas semelhantes geralmente se sentem mais confortáveis ​​interagindo com pessoas como elas. Mas, do lado negativo, esses traços compartilhados muitas vezes compartilham outro fator na forma de processos de pensamento que são muito semelhantes em natureza. Quando um grupo ou equipe é composto de pessoas com origens muito semelhantes, a diversidade - e as novas formas de pensar - podem ser prejudicadas no processo.

Por que as empresas devem se empenhar por grupos e equipes diversos?

Quando um grupo ou equipe compreende pessoas que diferem em idade, sexo, raça, formação cultural e outros fatores, o resultado esperado é uma colaboração de pensamentos extremamente diversos. Trabalhar com pessoas que diferem umas das outras desafia as noções preconcebidas das pessoas sobre como o mundo funciona e força as pessoas a sair de suas zonas de conforto e considerar novos processos de pensamento. Ao abrir as pessoas para novas formas de pensar, o resultado esperado muitas vezes são novas ideias, novos processos, novos serviços e novos produtos.

Fazendo a diversidade funcionar

Ao estabelecer novos grupos ou equipes, os gerentes inteligentes buscam a diversidade equilibrando os indivíduos que selecionam com base em diferentes fatores internos, como idade, raça e gênero, e fatores externos, incluindo diferentes origens, experiências educacionais e ideologias políticas. Além disso, ao trabalhar com diversos grupos e equipes, os gerentes inteligentes buscam uma discussão aberta, incentivam o feedback entre os membros do grupo e da equipe, ouçam ativamente e praticam a tomada de decisão flexível. Afinal, ter diversos grupos e equipes no local de trabalho oferece pouco valor se suas novas formas de pensar forem ignoradas.

Postagens recentes