O que é um orçamento de receita?

Os orçamentos de receita são previsões das receitas e despesas de vendas de uma empresa, incluindo despesas de capital. É essencial que você estabeleça se possui recursos financeiros suficientes para conduzir as operações, expandir seus negócios e, por fim, obter lucro. Sem esse planejamento, o futuro da sua empresa pode ser incerto, pois você pode não saber quanto dinheiro está ganhando ou gastando. Os orçamentos de receita garantem que as empresas aloquem recursos de maneira eficiente - e, com isso, economizam tempo, esforço e dinheiro.

Determinar as vendas

O orçamento de receita ajuda as empresas a prever o valor que ganharão ao vender seus produtos e serviços. Às vezes, pode ser difícil para as pequenas empresas calcularem, especialmente para aquelas que estão apenas começando - e, portanto, não têm dados históricos. Você deve formular um plano de negócios e mantê-lo. Os planos de negócios refletem o verdadeiro estado dos negócios atuais de uma organização e ajudam a analisar todos os aspectos do negócio, incluindo as receitas esperadas. O orçamento da receita de vendas pode ser simples de construir. Inclui o número de unidades que você espera vender, junto com o número de clientes que você espera que comprem seus produtos ou serviços. Também inclui o preço que você cobrará por esses produtos e serviços.

Determinar os custos de produção

A próxima etapa do processo é formar um orçamento de produção; isso resume os custos associados à produção de seus bens ou serviços. Você deve incluir o custo de mão de obra, material e compras. Materiais são a matéria-prima ou outros itens que você usa ao produzir seus bens e serviços. A taxa de flutuação do custo das matérias-primas depende do mercado em que você opera; portanto, você deve ficar de olho nas flutuações de preço ao formular seu orçamento de produção. Você paga salários, taxas de desemprego e outros benefícios para funcionários que produzem seus bens e serviços; estes constituem seus custos de mão-de-obra.

Despesas Diárias

Orçamentos gerais e administrativos rastreiam os custos de não produção associados às operações diárias de sua empresa. Esses custos incluem despesas com aluguel, seguro e depreciação de ativos. Os custos associados aos membros da equipe, como equipe de vendas, balconistas e outros funcionários de apoio que não afetam diretamente a produção de seus bens e serviços, vêm sob o título de despesas gerais e administrativas. Você deve calcular seus custos de depreciação para não superestimar seus ativos.

Investir dentro de suas possibilidades

Os orçamentos de despesas de capital calculam os custos associados aos investimentos que você planeja fazer durante o ano. Os investimentos de capital incluem edifícios, máquinas e outros equipamentos que você usa para aumentar ou expandir seus negócios. Você faz compras de capital para substituir equipamentos mais antigos ou adicionar novos equipamentos para atender às demandas de seu negócio. Depois de determinar o equipamento que deve comprar no ano atual, você pode calcular os custos associados ao seu equipamento.

Orçamento vs. Desempenho

Depois de criar um orçamento de receita com êxito, você pode compará-lo com seu desempenho real. Essa análise pode ajudá-lo a determinar se você deve continuar com suas práticas atuais ou tomar medidas corretivas. Se o seu negócio foi executado conforme o esperado ou melhor, você pode determinar que as práticas atuais são adequadas - mas se a sua empresa falhar em atender às metas esperadas, pode ser necessário ajustar suas práticas. Você pode incorporar seu orçamento de receita finalizado com análises de desempenho financeiro e examinar o crescimento de seu negócio.

Postagens recentes