Modelagem de Comportamento no Local de Trabalho

A teoria da aprendizagem social estabelece a premissa de que as pessoas tendem a inevitavelmente aprender coisas que veem ou experimentam de forma prática. A modelagem de comportamento no local de trabalho, um componente da teoria da aprendizagem social, é o ato de mostrar aos funcionários como fazer algo e orientá-los no processo de imitação do comportamento modelado. A modelagem de comportamento tem aplicações práticas para as tarefas diárias de trabalho, bem como aplicações mais profundas para o desenvolvimento da cultura da empresa.

Demonstrar Tarefas de Trabalho

A aplicação mais básica da modelagem de comportamento no local de trabalho é sentar-se com os funcionários e mostrar-lhes fisicamente as maneiras adequadas de realizar as tarefas de trabalho. Em vez de simplesmente dizer aos funcionários como fazer as coisas que precisam fazer, ou fornecer-lhes um guia de instruções, reserve um tempo para realizar o trabalho sozinho na frente deles ou coloque-os em contato com funcionários experientes. Modelar o comportamento dessa forma permite que os funcionários façam perguntas e obtenham percepções daqueles com experiência em primeira mão.

Desenvolva sua ética de trabalho

Os funcionários obtêm sugestões de uma variedade de comportamentos exibidos pela administração, tanto consciente quanto subconscientemente. A ética de trabalho dos gerentes pode ter efeitos de longo alcance na cultura de suas empresas.

Os funcionários modelam o comportamento de seus gerentes quando se trata de chegar cedo para o trabalho, sair tarde, fazer pausas razoáveis ​​e acompanhar os projetos até a conclusão. Se um executivo sempre sai do escritório uma hora mais cedo, por exemplo, é muito provável que outros funcionários também aproveitem a oportunidade para fugir mais cedo, o que pode diminuir a produção da empresa.

Refine seu estilo de comunicação

Os estilos de comunicação dos gerentes costumam ser modelados por seus subordinados, criando outra oportunidade de influenciar estrategicamente a cultura da empresa. Quando os gerentes falam sempre com cortesia e profissionalismo, especialmente em situações de conflito, os funcionários estão mais propensos a modelar esse comportamento, tratando os clientes e uns aos outros com respeito em todos os momentos.

Seja honesto com os outros

O compromisso dos gerentes com a honestidade no local de trabalho fornece um modelo de comportamento para todos os funcionários verem. Se as ações dos gerentes e executivos estão sempre alinhadas com suas palavras, seguindo diretrizes éticas, cumprindo promessas feitas aos funcionários, admitindo seus erros e pedindo conselhos aos outros quando precisam, os funcionários têm maior probabilidade de fazer o mesmo em resposta.

Recuse-se a jogar a política do escritório

A política do local de trabalho é altamente influenciada pela teoria do aprendizado social, dando aos funcionários dicas sobre o que eles precisam fazer para se encaixar na hierarquia social da empresa. Os gerentes que demonstram um firme compromisso com a equidade e se recusam a fazer política no escritório podem inspirar outros funcionários a se concentrarem no profissionalismo e no desempenho, em vez de em manobras políticas no escritório.

Postagens recentes