O que é cultura de consumo?

A cultura do consumidor é uma teoria do planejamento estratégico de marketing que considera a relação dos consumidores com determinados produtos ou serviços. Um dos exemplos mais icônicos de cultura de consumo é a ascensão da Apple ao topo da tecnologia, porque criou um produto que atendia às necessidades dos consumidores de uma forma que os compradores se tornavam parte de um movimento de tecnologia. Como proprietário de uma empresa, identificar seu mercado-alvo é essencial e envolve mais do que apenas dados demográficos básicos; a cultura do consumidor ajuda a atingir grupos de pessoas que compartilham o mesmo desejo e a mesma necessidade de um produto ou serviço.

Design de produto da Apple

A Apple se esforça para tornar o uso da tecnologia mais fácil. Isso faz parte da cultura que criou e vai longe a ponto de criar produtos mais enxutos com embalagens simples e precisas. Abrir uma caixa de iPhone pela primeira vez mostra um design de embalagem muito bem pensado que é durável, atraente e minimalista. O telefone é o herói, frontal e central, com os acessórios cuidadosamente guardados em compartimentos designados.

O design minimalista segue os desejos de todo um movimento cultural minimalista de pessoas comprando pequenas casas, limpando a desordem e otimizando tudo em suas vidas.

Opções de idioma para públicos-alvo

A publicidade deve ser contemporânea e deve usar uma linguagem contemporânea. Mas a linguagem contemporânea voltada para o Baby Boomer é diferente da linguagem voltada para o Millennial. Uma marca que vende tênis para adolescentes vai usar uma linguagem mais alinhada culturalmente com os skatistas - os skates - e não os patinadores artísticos. Ao compreender as normas culturais de seu mercado-alvo, você pode escolher um idioma que se adeque ao estilo demográfico.

Inclusão de Grupo e Criação de Clube

Por natureza, os humanos gostam de ser incluídos em grupos. Os consumidores muitas vezes se tornam parte de grupos com base na marca que usam. Por exemplo, os motoristas do Mini Cooper fazem passeios de caravana nos finais de semana; possuir um Mini é automaticamente fazer parte do clube. A Nike tem um séquito fiel de entusiastas do esporte e amantes do tênis.

As estratégias de marcas inteligentes buscam promover a inclusão para os proprietários de seus produtos. Um pequeno empresário pode fazer isso organizando pequenos eventos para seus melhores clientes.

Consciência Social e Política

A cultura do consumo pode ser impulsionada por questões sociais e políticas. O Super Bowl de 2018 teve muitos comerciais do ponto de vista social, alinhando-se com causas maiores, como proteção ambiental, ajuda em desastres naturais e pessoas que optam por fazer o certo pelos outros. Isso era atípico nos comerciais do Super Bowl, porque alguns anos atrás, o objetivo era fazer o comercial mais absurdamente engraçado.

A mudança resultou de uma série de crises nacionais, incluindo furacões, tiroteios em massa e tensões políticas crescentes. Essas empresas tinham um pulso sobre o que a cultura do consumidor estava experimentando, além dos produtos que estavam comprando. Essa é uma forma de obter sentimentos positivos do público sem nunca falar sobre um produto ou serviço.

Postagens recentes