O que é uma orientação para os negócios?

Os líderes empresariais enfrentam inúmeras decisões todos os dias. As opções e estratégias são inúmeras - e sem um planejamento deliberado, eles ficam sempre tentando adivinhar o que fazer. A forma como uma empresa aborda suas estratégias para o sucesso é chamada de orientação para o negócio. Existem quatro tipos de orientação empresarial e planejamento estratégico que ajudam a definir um negócio. Os quatro são orientação de produção, produto, marketing e vendas.

Orientação de Produção

Na orientação à produção, os gerentes se concentram fortemente na manufatura. As operações do negócio são o foco à medida que a estratégia passa a ser a conquista da liderança de preço no nicho, ou seja, oferecer os produtos mais baratos. Se uma empresa puder reduzir custos para vender o produto manufaturado com o preço mais baixo do mercado, ela pode vencer os concorrentes que vendem produtos iguais ou semelhantes. A estratégia visa economizar dinheiro na produção e no custo das mercadorias vendidas.

Os líderes podem tentar obter suas matérias-primas mais baratas comprando em quantidades maiores ou encontrando fornecedores diferentes. A empresa pode inovar ao usar materiais mais baratos e com a mesma qualidade. A automação na fabricação pode reduzir os custos da folha de pagamento. Todas essas estratégias se enquadram na estratégia de orientação à produção.

Orientação do Produto

A orientação para o produto costuma ser uma questão de inovação. Esta estratégia visa tornar os produtos existentes e torná-los melhores ou inovar novos produtos para resolver os problemas existentes. Quando os líderes de negócios estão em um modo de orientação para o produto, eles se concentram fortemente nos recursos e benefícios dos produtos. Uma empresa que vende roupas de ginástica pode constantemente buscar melhores materiais para absorver o suor do corpo, por exemplo. Essa melhoria permite que a empresa fique à frente da concorrência e se mantenha relevante.

Estratégias com orientação ao produto focam na satisfação do cliente, feedback e necessidades recém-identificadas. A empresa pesquisará regularmente os clientes existentes e buscará grupos de foco para identificar o que deixa os clientes felizes. Ao resolver as necessidades específicas do consumidor, a empresa desenvolve relacionamentos sólidos e a fidelidade do cliente.

Orientação de marketing

Este modelo de orientação de negócios visa inundar o mercado com anúncios e posicionamentos de marca. A orientação de marketing se concentra em manter a marca "em primeiro lugar", de modo que, quando os clientes pensam em comprar esse tipo de produto ou serviço, o produto da empresa é o primeiro que eles consideram. Os consumidores não procuram comprar seguro todos os dias, mas o logotipo da State Farm aparece atrás das placas da casa, ao longo das zonas finais e dos relógios de disparo. A empresa quer que os consumidores se lembrem disso quando decidirem comprar um novo seguro.

A orientação de marketing também busca ajudar os clientes a associarem os produtos da empresa a sentimentos específicos e soluções positivas. Um comercial de uma xícara de sopa Campbell's alimenta memórias da infância, como ficar doente com sua mãe cuidando de você. Traz bons sentimentos - mesmo que sua mãe não tenha lhe dado a sopa Campbell. Os consumidores começam a associar a sopa com a melhora, o toque carinhoso da mãe e o conforto de casa.

Orientação de Vendas

A estratégia de vendas é transacional em design. Uma orientação de vendas é sobre mover produtos e gerar fluxo de caixa. Muitas vezes, essa é uma solução de curto prazo para as empresas - portanto, os relacionamentos buscados em todas as outras estratégias são ignorados. Uma empresa pode fazer promoções que basicamente prejudicam ou perdem dinheiro para direcionar o tráfego através das portas. O objetivo é aumentar a participação no mercado, mesmo que haja um sacrifício na fidelidade do cliente e na lucratividade de longo prazo.

Como essa estratégia não se concentra nas necessidades do cliente, ela leva à rotatividade de clientes. As empresas que usam essa estratégia devem fazer a transição para programas de fidelidade com a participação de mercado já capturada. A orientação de vendas é eficaz para criar consciência e afastar consumidores dos concorrentes, mas a empresa deve encontrar uma maneira de mantê-los. A Amazon começou como um lugar barato para comprar livros online. Essa estratégia tornou-o muito popular e permitiu-lhe capturar uma enorme fatia de mercado, de modo que fez a transição para outros nichos de vendas e lucros de bilhões de dólares. Não teria sobrevivido apenas como o vendedor de livros baratos.

Postagens recentes