Ética nos negócios para um gerente financeiro

Os gerentes financeiros devem ter as habilidades para lidar com grandes somas de dinheiro de outras pessoas, mas a habilidade por si só não é suficiente. O potencial para os gerentes financeiros encherem seus próprios bolsos ou arruinarem um cliente ou empresa por meio de mau julgamento é imenso. É essencial ter um código de ética em finanças e seguir esses princípios todos os dias.

Ética em Finanças

O papel da ética na gestão financeira é equilibrar, proteger e preservar os interesses das partes interessadas. A Eli Lilly and Company, por exemplo, diz que seu código de ética em finanças cobre obrigações para com a administração, colegas de trabalho, parceiros de negócios, o público e acionistas. Os padrões típicos encontrados em um código de ética em finanças incluem:

  • Aja com honestidade e integridade.
  • Evite conflitos de interesse nas relações profissionais. Além disso, evite o aparecimento de tais conflitos.
  • Forneça às pessoas informações precisas, objetivas e compreensíveis. Divulgue todas as informações relevantes, positivas e negativas, para que seus ouvintes tenham uma imagem precisa.
  • Cumpra todas as regras e regulamentos que regem o seu cargo e a sua empresa.
  • Aja com boa fé e julgamento independente. Não permita que o interesse próprio ou outros fatores influenciem suas recomendações.
  • Nunca compartilhe informações confidenciais ou as use para ganho pessoal.
  • Mantenha um sistema de controles internos para proteção contra comportamento antiético.
  • Denuncie qualquer pessoa que você vir violando o código.

Os gerentes financeiros não deveriam ver o código como um limite para o comportamento ético: marque todas as caixas e você estará bem. Ter ética em finanças significa fazer a coisa certa, mesmo em situações que não estão incluídas na lista. Em caso de dúvida, encontre alguém com posição para lhe dar orientação ética.

Conflitos de interesse

Subjacente ao papel da ética na gestão financeira está um dever fiduciário. Os gerentes devem agir no interesse de seus clientes e empregadores, não deles próprios. Se houver um conflito de interesses em que você pode enriquecer enquanto prejudica um cliente, você deve ficar do lado do cliente.

Bernie Madoff, por exemplo, atuou como corretor para seus clientes e custodiante de seu dinheiro. Com as duas funções combinadas, não havia auditoria independente de suas operações, o que tornava mais fácil fraudar seus clientes em milhões.

É por isso que estabelecer controles internos é essencial. Quando o risco de exposição é alto, é menos tentador roubar.

Segurança e Informação

No século 21 em rede, a conduta ética inclui como você trata e protege as informações. A violação de segurança no bureau de crédito da Equifax, por exemplo, pode ter afetado o crédito confidencial e os dados pessoais pertencentes a 143 milhões de americanos. CFO Estratégico A revista sugere que um código de ética adequado poderia ter levado a uma melhor proteção dos dados das pessoas e a mais transparência após a ocorrência da violação.

Reputação e ética em finanças

Outra função da ética na gestão financeira é proteger a sua reputação e a do seu empregador. Se você agir com ética, estará livre. No entanto, ultrapasse os limites e poderá destruir o bom nome da sua empresa, bem como o seu próprio.

Alguns reguladores e legisladores presumiram que o risco de escândalo e perda de reputação era suficiente para desencorajar os gestores financeiros de agir de forma antiética. Casos repetidos de má gestão financeira no século 21 mostraram que as maiores empresas financeiras podem navegar através de um escândalo sem perda de negócios.

Alguns analistas do setor dizem que uma regulamentação mais rígida é necessária porque a ética em finanças não resiste à tentação.

Ética em Finanças vs. Recompensas

Um problema em cumprir um código de ética em finanças é que o sistema às vezes recompensa o comportamento antiético. Se uma organização recompensa os gerentes financeiros por tomarem decisões que beneficiam a empresa, não os clientes, alguns gerentes financeiros tropeçarão.

Wells Fargo, por exemplo, teve problemas quando descobriu que os funcionários haviam aberto contas sem a permissão dos clientes para cumprir as metas de vendas. No setor bancário, vender mal a clientes é uma violação grave da ética. Se o sistema de recompensas prioriza alvos sobre a ética, é muito tentador para alguns deixarem de lado.

Postagens recentes