Estratégias defensivas em gestão estratégica

A competição é inevitável no mundo dos negócios. A ameaça de concorrentes se lançando para roubar seus clientes ou sua fatia de mercado às vezes pode parecer esmagadora para o proprietário de uma pequena empresa. No entanto, existem medidas que você pode seguir para defender seus produtos e sua participação no mercado da concorrência.

Compreendendo estratégias defensivas

Estratégias defensivas são ferramentas de gerenciamento que podem ser usadas para repelir um ataque de um concorrente em potencial. Pense nisso como um campo de batalha: você deve proteger sua participação no mercado para manter seus clientes satisfeitos e seus lucros estáveis. Defender o seu negócio estrategicamente é conhecer o mercado em que você está mais bem equipado para operar e saber quando ampliar seu apelo para entrar em novos mercados. Em contraste com as estratégias ofensivas - que visam atacar a concorrência de mercado - as estratégias defensivas tratam de manter o que você tem e usar sua vantagem competitiva para manter os concorrentes afastados.

Abordagens para estratégia defensiva

Existem duas abordagens para a estratégia defensiva na gestão estratégica. A primeira abordagem visa bloquear concorrentes que estão tentando assumir parte da participação de mercado de sua empresa. Cortar o preço de seus produtos, adicionar incentivos ou descontos para encorajar os clientes a comprar de você ou aumentar suas campanhas de publicidade e marketing são as maneiras mais comuns de fazer isso.

A segunda abordagem é mais passiva. Aqui, você anuncia inovações em novos produtos, planeja a expansão de uma empresa abrindo uma nova rede ou se reconecta com clientes antigos para incentivá-los a comprar de você. Este ainda é um método para evitar que a concorrência tire seus clientes e ganhe, mas é feito de uma forma mais relaxada e menos agressiva, enquanto a primeira abordagem é ativa e direta.

Vantagens da estratégia defensiva

Empregar uma estratégia defensiva em seu negócio pode trazer muitos benefícios percebidos e reais. Primeiro, você está aumentando seu marketing e publicidade, o que pode ser uma maneira eficaz de atrair clientes novos e antigos.

Em segundo lugar, as estratégias defensivas são tipicamente menos arriscadas do que as estratégias ofensivas. Você tem a opção de tomar medidas passivas para garantir sua participação no mercado e não precisa necessariamente se sentir ameaçado a cada passo.

O terceiro benefício da estratégia defensiva é que você está trabalhando para aumentar o valor de seus produtos ou serviços. Ao enfatizar os benefícios de sua marca, você está simultaneamente desvalorizando o valor de seus concorrentes. Essa pode ser uma estratégia eficaz de longo prazo para garantir um nicho de mercado para seus produtos e serviços.

Desvantagens da Estratégia Defensiva

A maior desvantagem da estratégia defensiva surge quando uma empresa não entende seu mercado-alvo. Todos os produtos e serviços devem ser direcionados a dados demográficos específicos do mercado mais amplo. Se você vende bicicletas infantis, por exemplo, direcione seu marketing para o grupo demográfico mais provável de comprar de você: provavelmente adultos jovens e adultos de meia-idade com crianças. Não faria sentido direcionar as bicicletas de seus filhos para adultos mais velhos sem filhos ou para adolescentes que não estão mais interessados ​​em andar de bicicletas do tamanho de crianças.

O segredo é saber sua participação no mercado e trabalhar duro para mantê-la. Junto com essa grande desvantagem, vem o risco de que você possa descansar sobre os louros quando se trata de inovação e desenvolvimento de produtos. As empresas de sucesso também mantêm os olhos abertos para oportunidades de se envolver em novos mercados, para vender produtos de ponta e para alcançar novos clientes. Portanto, qualquer estratégia defensiva que você empregar deve ser equilibrada com uma estratégia de longo prazo para o crescimento do seu negócio.

Postagens recentes