Efeitos da falta de ética em um ambiente de negócios

À luz dos esquemas Ponzi e dos escândalos da empresa, a indústria de negócios desenvolveu uma reputação por sua falta de ética. Em um setor em que progredir e ganhar dinheiro parece ter precedência sobre a tomada de decisões éticas, pode parecer difícil entender a importância do comportamento ético nos negócios. A falta de ética leva a uma série de problemas para as empresas.

Questões Legais e Ética

Nos Estados Unidos, os governos federal e estadual estabelecem regras e procedimentos sobre como uma empresa deve ser administrada. As empresas que deixam de seguir as diretrizes federais e estaduais geralmente enfrentam multas pesadas e outras penalidades. As empresas maiores às vezes decidem que violar as leis e pagar as multas envolve custos mais baixos do que o ganho financeiro obtido com a quebra dessas leis. No entanto, a violação consistente das leis pode levar a batalhas jurídicas caras que superam o ganho inicial.

Além disso, executivos de empresas que violam as leis e se envolvem em comportamento antiético que leva a práticas prejudiciais para funcionários e clientes podem enfrentar acusações criminais.

Impacto no desempenho do funcionário

A falta de ética tem um efeito negativo no desempenho dos funcionários. Em alguns casos, os funcionários estão tão preocupados em progredir e ganhar dinheiro que ignoram procedimentos e protocolos. Isso pode levar a papelada adicional e erros descuidados que resultam na tarefa que precisa ser concluída novamente. Além disso, os funcionários que acham que agir com ética e seguir as regras não os levarão à frente no negócio, às vezes sentem falta de motivação, o que muitas vezes leva a uma queda no desempenho.

Relações com funcionários são afetadas

Quando um gerente ou chefe de uma empresa demonstra falta de comportamento ético, ele corre o risco de perder o respeito de seus funcionários. É difícil ter um negócio de sucesso sem líderes respeitados. A falta de comportamento ético também pode causar tensão entre os funcionários, com alguns funcionários ressentidos com aqueles que não cumprem as regras e ainda conseguem progredir. O comportamento antiético no local de trabalho também pode levar à falta de confiança entre os funcionários, o que é prejudicial para uma empresa que depende da colaboração e do senso de comunidade.

Danos à credibilidade da empresa

Se a falta de ética em um negócio se torna de conhecimento público, esse negócio perde credibilidade. Embora algumas empresas sobrevivam ao conhecimento público da falta de ética por meio de novas imagens e campanhas publicitárias, muitas perdem uma base de clientes-chave. Mesmo que uma empresa se recupere de notícias sobre sua falta de ética, leva muito tempo e dinheiro para restaurar sua imagem e a confiança do consumidor. Os clientes que abandonam uma empresa porque estão consternados com práticas éticas inadequadas encontrarão outros produtos e serviços para atender às suas necessidades.

Esses clientes são difíceis de reconquistar, mesmo depois que os lapsos éticos são coisa do passado.

Prevenção de comportamento antiético

Freqüentemente, a falta de ética aparece devido a um planejamento inadequado e a falhas em outras partes do negócio. Para evitar comportamento antiético, defina metas realistas para os funcionários. Se se espera que os funcionários cumpram cotas e metas inalcançáveis, eles podem se envolver em comportamentos antiéticos para tentar alcançar essas metas. Monitore consistentemente o desempenho dos funcionários.

Os funcionários que não foram monitorados às vezes diminuem seu desempenho e recebem o crédito por concluir tarefas que não foram concluídas. Treine adequadamente todos os funcionários. Funcionários não treinados muitas vezes economizam e dão desculpas para não concluir o trabalho de acordo com os padrões que o negócio exige.

Postagens recentes